sábado, 15 de fevereiro de 2014

Ler é Poder


Ler é Poder 





Acabo de ler o mais novo livro do meu amigo Ramão Aguilar Aguilar, “Histórias Pitorescas de Geraldo Rodrigues”. Sabe aquela sensação de satisfação, quando fazemos algo que dá prazer? Pois é isto que estou sentindo agora. O livro é sobre um personagem real, mas parece ficcional. Aliás, bem que daria um bom romance (sugestão ao amigo Ramão). Ou quem sabe um bom filme (sugestão ao amigo Luca Amberg).

Primeiro, porque o livro registra histórias pitorescas, diferentes, engraçadas muitas vezes, tudo que uma boa história precisa. O livro trata de uma personalidade que não se encontra mais facilmente. Geraldo Rodrigues é daqueles que ainda acreditavam em valores. Claro, no modo dele, porque que hoje muitas das suas ações seriam condenáveis. Mas na época, as coisas eram como eram.

Segundo, o livro nos leva (os são-borjenses, como eu) a um período saudosista, embora eu não tenha vivido naquela época, eu me criei próximo aos cenários descritos pelo autor, no bairro do Passo. Meus primeiros anos (minhas primeiras memórias) remetem ao campo do exército, muito próximo da Sede Campeira Geraldo Rodrigues, no final da Rua Patrício Petit Jean, passando pelo cemitério do Passo, mais adiante. Lembro que a mãe, quando tinha que nos levar ao “povoado”, no centro da cidade, tinha que caminhar até a Praça Assis Brasil, do Passo, uns bons quatro quilômetros, para poder pegar o Emetral. Depois moramos na Rua Tiradentes e na Francisco Miranda e antes da juventude ainda moramos na curva do Passo, na Rua Júlio Tróis, isso tudo na década de 1970.

Então, enquanto lia as aventuras do seu Geraldo eu recordava dessa infância nesses lugares, por isso foi uma leitura emotiva para mim. Esse é o poder de um livro! Levar-nos ao futuro, ao passado, ao que está perto, ao que está muito longe, em lugares vividos e em situações jamais imaginadas. O slogan da Feira do Livro de Porto Alegre deste ano foi bem acertado: Ler é Poder! E o escritor Ramão Aguilar está contribuindo com esse poder - nos “empoderando”. Obrigado Ramão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Portfólio: Cezar Brites

create with flickr badge.